A Gotham real


Com cerca de 2 mil moradores, o vilarejo Gotham fica próximo à cidade de Nottingham na Inglaterra e é habitada por agricultores. Até a sua morte, em 1216, o rei João Sem-Terra cobrava altos impostos dos seus súditos e é dessa época que remonta uma das lendas mais famosas da Gotham real.
A lenda diz que como os impostos eram muito altos, os habitantes de Gotham decidiram parar de pagar, o que fez o Rei marchar com seu exército para descobrir o que estava acontecendo. Com medo do que poderia acontecer com a chegada do soberano, os moradores do vilarejo bolaram um plano.
Quando o rei chegou, viu as coisas mais doidas. Pescadores tentavam afogar peixes, vacas estavam pastando no telhado e ninguém entendia nada. Um dos súditos, buscando explicações, se dirigiu a um homem montado em seu cavalo, quando ele mesmo carregava duas sacas de trigo. O homem disse que fazia aquilo para não cansar o animal com o peso.
Naquela época, acreditavam que a loucura era contagiosa, então o rei fugiu com o seu exército e desistiu das taxas. A partir daí Gotham ficou conhecida como "a vila dos loucos".
Com essa história na cabeça, o escritor norte-americano Washington Irving autor de "A lenda do cavaleiro sem cabeça", apelidou de Gotham a sua cidade natal, Nova York. O apelido pegou na cidade e muitos estabelecimentos usavam o nome de Gotham. Foi assim que um dos criadores de Batman, Bill Finger, usou o nome para ambientar as suas histórias. A cidade do Batman sempre tinha sido Nova York, mas Gotham City apareceu pela primeira vez em uma revista do herói em 1941.
Eu encontrei essa história em uma matéria da Revista Galileu e resolvi trazer para vocês (se vocês quiserem ler, lá tem dados mais completos de como Gotham foi parar nos quadrinhos). 
E aí? O que acharam da lenda do vilarejo inglês?
As vezes eu acho que o Brasil anda se fingindo de doido para fazer com o que os governantes deixem de cobrar impostos absurdos, mas ao contrário de Gotham, o plano não parece estar surtindo efeito. :P

Comentários

  1. Oi, Dani!

    Não conhecia essa história por trás da criação de Batman não, que sinistro e legal ao mesmo tempo hahaha

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olha, não conhecia a história e achei super interessante! Adorei o plano da população para enganar o rei hahaha

    www.estante450.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. UAU Dani!!! Que história interessante, não a conhecia!
    E eu confesso que esperava algo do Batman, rs. Meninas, as vezes, eu tenho vontade de me fingir de louca para resolver meus problemas, viu? E acho que muitos nem iriam perceber a diferença, já que o país está tão absurdo ultimamente...
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia essa história e achei muito interessante
    beijos
    lolamantovani.blogspot.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário